Notícias

SINTRAF T.O E REGIÃO PARTICIPA DO DIA NACIONAL EM DEFESA DA CAIXA

Mobilizaçãocontra reestruturação anunciada por direção da Caixa é fundamental paragarantir o emprego e os direitos dos empregados


 

Se a gestão da Caixa Econômica Federal acha que fará reestruturações sem negociar com os empregados e seus representantes e não encontrará resistência, ela está redondamente enganada. Em defesa da Caixa 100% pública, empregados e entidades estiveram mobilizados em todo o Brasil nesta quinta-feira,13. O Dia Nacional de Luta teve como objetivo reforçar a campanha #ACAIXAÉTODASUA e denunciar os ataques que os trabalhadores estão sofrendo diante da reestruturação prevista pela gestão da instituição.                 

O Sindicato dos bancários de Teófilo Otoni e Região, juntamente com os empregados da Caixa Econômica Federal, realizou uma manifestação em frente à agência 0155 da Caixa Econômica Federal na cidade de Teófilo Otoni - MG nesta quinta-feira (13), indo a público repudiar e denunciar o processo de reestruturação desenvolvido pela Caixa. Além disso, protestou contra o cronograma de reestruturação apresentado pela direção da Caixa no último dia 10 que ameaça funções e o papel social do banco. A maioria dos empregados teria apenas até a quarta-feira 12 para se manifestar sobre a função e lotação desejada. Além das informações insuficientes que causam inúmeros questionamentos, o sistema disponibilizado pelo banco para isto sequer estava funcionando.          

Para o presidente do Sindicato Paulo Cerqueira “ as mudanças implementadas pela empresa provocam o fechamento de unidades, perda de funções e transferências de empregados. Tais medidas são uma afronta ao que fora acordado com os sindicatos, além de afetarem a vida dos trabalhadores, precarizam o atendimento à população mais carente. Somos contra toda reestruturação que provoque perda de direitos dos trabalhadores, completou”.


Para o dirigente, a precarização do atendimento é parte da estratégia, que visa prejudicar a imagem dos serviços prestados pelo banco, para minimizar a resistência da população a uma possível privatização. É preciso também dialogar com o povo mostrando a importância do banco público” destaca.           

 

Por tudo isso, o Sindicato dos Bancários de Teófilo Otoni e Região repudia toda a forma de reestruturação que retira direito dos trabalhadores e reitera a sua defesa da manutenção dos bancos públicos para que tenhamos um país mais justo socialmente.                


Em anexo, seguem as cartilhas elaboradas pela Contraf, destacando a importância da Caixa como banco público e a história das lutas e conquistas de direitos dos empregados. 


Fonte: Contraf - CUT  



Paulo Cerqueira

Preidente    


 

Publicado em: 13/02/2020

Entidades Filiadas

FETRAFI-MG

CONTRAF

CUT Brasil

Jornal

CEF - Carta Aberta a população

Download

Links importantes