Notícias

EM MEIO A MAIOR OPERAÇÃO BANCÁRIA DA HISTÓRIA, EMPREGADOS DA CAIXA REFORÇAM: NÃO VÁ AO BANCO

A grande maioria dos serviços é disponibilizada digitalmente, de abertura de conta a pagamento do auxílio emergencial


 

Em meio a maior operação de pagamento de benefícios e bancarização da história do Brasil, os empregados da Caixa têm um pedido especial para toda a população: fique em casa, não vá aos bancos.

O pedido é mais do que especial por vir dos milhares de trabalhadores que serão responsáveis pelo pagamento dos R$ 4,7 bilhões do benefício disponibilizados a 9.426.703 brasileiros do Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal e do Bolsa Família, a partir desta semana.

Fabiana Uehara Proscholdt, secretária da Cultura e representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) nas negociações com o banco, lembra que os empregados estão trabalhando para possibilitar que a população não precise sair de casa. “Todos estão trabalhando muito para fazer o melhor atendimento possível. Quem está na agência, inclusive, corre risco em prol de um bem maior. Então, vamos fazer isso porque eles merecem. Só vá na agência se realmente for necessário, do contrário a recomendação é FIQUE EM CASA! Utilize os meios digitais.”

O Auxílio Emergencial do Governo Federal já foi liberado para mais de 2,5 milhões de brasileiros, totalizando mais de R$ 1,5 bi na economia. Até às 16h desta segunda-feira (13), o volume dos que se cadastraram por estes canais superava 34 milhões de cidadãos.

Nesta terça-feira (14), um primeiro lote de informações dos brasileiros que efetuaram o cadastro pelo aplicativo Caixa Tem e pelo site auxilio.caixa.gov.br, que cumprem os critérios de elegibilidade de acordo com a lei 13.982/2020, deve ser efetivados. A disponibilização do valor, de acordo com a opção do cidadão, se iniciará a partir da próxima quinta-feira (16).


Bolsa Família


Aqueles que recebem o Bolsa Família têm avaliação de elegibilidade automática e receberão o crédito do auxílio no mesmo calendário e da mesma forma do benefício regular. Entre o Bolsa Família e o Auxílio Emergencial, será creditado o benefício de maior valor, para todos que tiverem direito. Nesta semana receberão 2.719.810 beneficiários do Bolsa Família, conforme calendário:


Quinta-feira (16):

• 1.360.024 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 1.


Sexta-feira (17):

• 1.359.786 beneficiários do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 2.


Cadastro Único


Os inscritos no CadÚnico até 20 de março que não façam parte do Bolsa Família e que tiveram os critérios de elegibilidade verificados pela Dataprev receberão o Auxílio Emergencial na Poupança Social Digital da Caixa ou em conta no Banco do Brasil, incluindo neste grupo as mulheres chefes de família monoparental.

No caso da Poupança Social Digital Caixa, os créditos ocorrerão conforme a data de nascimento.


Confira o calendário abaixo:


Terça-feira (14):

• Crédito para 831.013 pessoas, sendo: o Poupança Digital Caixa – a partir de 12 horas 557.835 pessoas, nascidas em janeiro, ou conta no Banco do Brasil 273.178 pessoas


Quarta-feira (15):

• Poupança Digital Caixa

1.635.291 pessoas, nascidas em fevereiro, março e abril


Quinta-feira (16):

• Poupança Digital Caixa

2.282.321 pessoas, nascidas em maio, junho, julho e agosto.


Sexta-feira (17):

• Poupança Digital Caixa

1.958.268 pessoas, nascidas em setembro, outubro, novembro e dezembro.


Poupança Digital Caixa


É importante lembrar que não é necessário corrida às agências ou casas lotéricas para ter acesso aos recursos do auxílio emergencial. A Caixa abrirá automaticamente a poupança digital para os brasileiros considerados aptos a receber o auxílio emergencial. Os que receberem o crédito por meio dessa conta poderão, por exemplo, pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras. É possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias.

O acesso e movimentação da poupança digital ocorrerá pelo app Caixa Tem, disponível nas lojas de aplicativos Google Play e App Store. Para utilizar o aplicativo, que tem fácil navegação e baixo consumo da memória do celular, basta que o usuário se cadastre utilizando o CPF. Além de movimentar a poupança digital, será possível consultar FGTS, PIS, Bolsa Família, entre outros serviços.

Na data prevista para início do saque em espécie, o cliente terá esta opção habilitada no aplicativo. Bastará informar o valor a ser retirado e será gerado um código autorizador para saque nos caixas eletrônicos e casas lotéricas.


Saque em espécie


Com o objetivo de evitar aglomerações nas agências e unidades lotéricas, expondo empregados, parceiros e clientes ao risco de contágio, a Caixa escalonou o calendário de saque. Lembramos que os recursos creditados na Poupança digital podem ser utilizados através do app Caixa Tem para pagamentos e transferências, entre outros serviços. Segue abaixo o calendário de saque em espécie da poupança digital sem cartão nos canais de autoatendimento e lotéricas:


  • 27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro

  • 28 de abril – nascidos em março e abril

  • 29 de abril – nascidos em maio e junho

  • 30 de abril – nascidos julho e agosto

  • 04 de maio – nascidos em setembro e outubro

  • 05 de maio – nascidos em novembro e dezembro

    Fonte:
    Contraf- CUT

 

Publicado em: 14/04/2020

Entidades Filiadas

FETRAFI-MG

CONTRAF

CUT Brasil

Jornal

CEF - Carta Aberta a população

Download

Links importantes