Notícias

BANCO DO BRASIL NÃO CUMPRE A PALAVRA

Sintraf T.O e Região está estudando medidas para proteger os funcionários


 

O Banco do Brasil já abandonou a ética, há tempos, ao descomissionar funcionários com ações judiciais. Agora, demonstra que além da falta de ética faltará também com a palavra.


Após o PAQ, em videoconferência com integrantes da Comissão de Empresa dos Funcionários, representantes do Banco do Brasil afirmaram, categoricamente, que não removeria compulsoriamente para fora do município domiciliar dos funcionários. Mas, descumprindo o acordo, o BB está removendo bancários para além dos limites municipais. Algumas pessoas estão sendo removidas para mais de 100 km de distância.


Muitos funcionários não aderiram à fase de remoção espontânea acreditando na palavra dada pela Diretoria de Pessoas de que não seriam removidos compulsoriamente para outros municípios. E o banco mudou a regra com o jogo em andamento.


Para complementar o desrespeito aos funcionários e ao acordo, o banco está se manifestando aos envolvidos em remoção de forma verbal sem nenhum comunicado prévio e escrito.


Os Sindicatos estão estudando medidas para proteger os funcionários, entre elas ações judiciais e denúncia ao Ministério Público do Trabalho, considerando que o banco descumpriu o anunciado em mesa de negociação.


“A remoção compulsória fora da mesma praça representa um grande desrespeito aos funcionários. Entendemos a dificuldade por que passam muitas agências, com claros que não se preenchem. Mas a remoção arbitrária de funcionários para localidades tão distantes não é a solução. E o pior, sem aviso prévio. Muitos colegas não se movimentaram confiando na informação dada pelo BB. Ao faltar com a palavra, principalmente num momento como esse, o banco só gera mais insegurança nos funcionários”, afirmou Luciana Bagno, que é funcionária do BB, diretora do Sindicato e representante de Minas Gerais na mesa de negociação com o banco.


Fonte: SeebBH e Sintraf T.O e Região


 

Publicado em: 16/10/2019

Entidades Filiadas

FETRAF-MG

CONTRAF

CUT Brasil

Jornal

CASSI O ESPELHO 11/2019

Download

Links importantes