Notícias

APÓS COBRANÇA DO MOVIMENTO SINDICAL, MERCANTIL DO BRASIL DISPONIBILIZA MÁSCARAS DE ACRÍLICO PARA FUNCIONÁRIOS DE AGÊNCIAS

Os novos equipamentos visam a proteção dos bancários e demais pessoas que se encontram no mesmo ambiente das unidades.


 

Após cobranças do movimento sindical por mais segurança para bancários e clientes contra o coronavírus, o Mercantil do Brasil confirmou que adquiriu e vai distribuir, gratuitamente, máscaras de acrílico a todos os seus funcionários que estão nas agências fazendo o atendimento à população. O banco informou que trabalha para disponibilizar as máscaras o mais rápido possível, dependendo da logística para a entrega em toda a sua rede.


Os novos equipamentos visam a proteção dos bancários e demais pessoas que se encontram no mesmo ambiente das unidades.


Para o diretor do Sindicato, Marco Aurélio Alves, que é coordenador nacional da Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Mercantil, é importante cobrar mais garantias para os bancários do Mercantil que se encontram sobrecarregados e em iminente risco de contágio, mas as máscaras de acrílico já são um importante avanço. “A grande vantagem é que os novos equipamentos protegem mais que as máscaras de tecido, pois resguardam os olhos, a boca e o nariz, além de poderem ser higienizadas. Isto garante mais segurança e conforto aos funcionários que atendem diretamente os clientes”, afirmou.


O funcionário do Mercantil e diretor do Sindicato, Vanderci Antônio da Silva, ressaltou que o banco ainda não atende as cobranças do movimento sindical em relação ao acesso de clientes às agências, que vivem lotadas de beneficiários de INSS. Por isso, nada mais justo que ofereça um mínimo de segurança aos funcionários das agências.


“As máscaras transparentes evitam que os bancários tenham contato com saliva e fluidos corporais de terceiros, sendo indicadas para proteção nesse momento. Porém, nossa outra demanda é a instalação dos protetores de acrílico nas agências. O Mercantil desconversa e alega dificuldades de encontrar empresas e materiais disponíveis para o serviço, o que é difícil de aceitar. Mas, com certeza, seguiremos insistindo nessa demanda”, destacou Vanderci.

Fonte: Contraf-CUT


 

Publicado em: 16/04/2020

Eventos


Nenhum conteúdo disponível no momento.


Entidades Filiadas

FETRAFI-MG

CONTRAF

CUT Brasil

Jornal

CARTILHA - GESTÃO PELO MEDO NA CAIXA 05-2020

Download

Links importantes