Notícias

Acordos de CCV do BB estão suspensos temporariamente

Banco alterou unilateralmente o período de prescrição nos termos de quitação


 

A Contraf-CUT orienta a todos os sindicatos que suspendam temporariamente as sessões da Comissão de Conciliação Voluntária (CCV) do Banco do Brasil.


O banco alterou os termos de quitação, apresentando período prescricional maior que 5 (cinco) anos, não previsto no acordo. A mudança prejudica os bancários que optem por fazer o acordo extrajudicial.


A Contraf-CUT comunicou a suspensão ao BB e solicitou reunião para tratar do assunto.


Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, a decisão do banco em querer mudar os termos de quitação acende um alerta sobre os acordos, já que foi sem nenhum comunicado, além de não concordarmos com essa medida. “Esperamos o restabelecimento da normalidade para voltarmos com as sessões de CCV em todo o Brasil.”


Fonte: Contraf-CUT


 

Publicado em: 30/01/2019

Entidades Filiadas

FETRAF-MG

CONTRAF

CUT Brasil

Jornal

CASSI O ESPELHO 11/2019

Download

Links importantes